Como criar um panorama diário da gestão comercial

No universo corporativo é fundamental contar com informações atualizadas e integradas, que garantam a qualidade e a efetividade de vários processos internos. Neste sentido, os dashboards devem ser entendidos como excelentes ferramentas de gestão e podem atender a diversos níveis de atuação da empresa.

 

Mas o que são dashboards?
São painéis de controle que reúnem diversos dados e indicadores através de gráficos e tabelas. É uma ferramenta que permite o monitoramento simultâneo de um grande número de informações, visualizadas com facilidade em um único ambiente.

O principal objetivo de um dashboard é mostrar de forma simples e intuitiva como está o desempenho de um departamento ou de uma unidade do negócio. Através destes painéis de controle é possível ter uma visão centralizada de indicadores com funcionalidades que permitem um diagnóstico mais abrangente dos procedimentos. Podendo organizar uma série de dados das rotinas de trabalho, indicadores e projetos em desenvolvimento, cronogramas, incluindo o monitoramento de aspectos técnicos e financeiros.

 

Tipos de dashboards
Existem vários tipos e modelos de dashboards, elaborados para suprir necessidades e demandas específicas.
No Excel, existem vários recursos que podem ser combinados a fim de se obter um dashboard de alto nível, oferecendo um visual agradável e praticidade ao usuário. Mas nenhum dashboard no excel é capaz de cruzar as informações de diversos filtros como em um sistema especializado.

 

Por que obter um panorama diário?
A análise de dados em um dashboard é basicamente um dos melhores amigos dos gestores e analistas das empresas. Esse controle funciona como um indicador de desempenho, porque é somente a partir de uma análise criteriosa e inteligente das informações que é possível garantir uma gestão de performance.
Ao traçar metas no dashboard é possível acompanhar um panorama diário da evolução, para que as decisões dos gestores sejam pró ativas e coerentes.

 

Entenda melhor
Exemplo: Imagine que uma equipe tenha que alcançar a meta de vendas até o dia 30 de julho, mas ela apenas alcançou 67% da meta. Percebe-se que ainda falta muito para alcançar e desta forma, no dia 22 de julho, o gestor, ao analisar o dashboard de venda, percebeu que deveria criar outro engajamento ou uma estratégia de marketing para alavancar as vendas, antes de terminar o mês.

Neste exemplo foi fundamental o monitoramento do desempenho das vendas diárias, em conjunto com a análise das informações de venda e produtos por equipes, regiões e clientes. Desta forma, ajudando a identificar os responsáveis pelo baixo desempenho e, assim, redirecionando os esforços para o atingimento das metas do mês.

Esta é uma forma de utilizar o tempo a favor dos resultados da empresa. Isso parece banal, mas muitos gestores gastam tempo e esforço demais para conseguir monitorar o desempenho de seus processos antes do fechamento do mês/trimestre/ano.

 

Por isso, mantenha ao seu lado na gestão instrumentos capazes de facilitar e automatizar alguns processos, em prol do controle. Integrar as metas no sistema de gestão e acompanhar cada passo no dashboard é uma estratégia fundamental e inteligente desta caminhada.

 

Como criar um panorama diário da gestão comercial

, , , , ,